Teoria de aprendizagem – Behaviorista, Piaget, Vygotsky, Gafne, Skinner

Teoria de aprendizagem: behaviorista, Piaget, Vygotsky, Robert Gafne, Skinner

Antes de ministrar aula em um curso EAD surgem algumas dúvidas por parte dos professores relacionadas a teoria de aprendizagem, tais como:

  • transmitido deve ser semelhante ao curso presencial?
  • Além disso, todo professor antes de desenvolver um curso online precisa antes pensar como o seu aluno irá aprender.
  • Quais tecnologias devo usar?
  • Como o meu aluno aprende?
  • Como posso desenvolver um curso que irá agradar as diferentes personalidades dos meus alunos?

No entanto, para sanar esse tipo de questionamento é preciso entender, primeiramente, do que se trata essa tal de teoria da aprendizagem, conhecendo também os principais modelos.

Por esse motivo, abaixo é importante que você saiba o seu papel como professor EAD.

teoria de aprendizagem
teoria de aprendizagem – Photo by Scott Webb from Pexels

O que é a teoria de aprendizagem?

A teoria da aprendizagem consiste em uma área de estudo da psicologia que procura investigar, sistematizar e propor soluções que estão ligadas ao campo do aprendizado humano.

Desse modo, o que diferencia uma teoria de outra é o ponto de vista que cada uma delas trabalha.

Assim sendo, há teorias que atuam a partir do comportamento, outras levam em consideração o aspecto humano, etc.

Como é um campo vastos, existem algumas teorias que se sobressai perante as outras.

Principais teorias de aprendizagem

Como já foi mencionado, há diversas teorias de aprendizagem e abaixo você encontra as principais sendo analisadas de acordo com o papel do professor EAD.

Teoria de aprendizagem Behaviorista

Esse modelo de aprendizagem é representado pelo fisiologista Ivan Pavlov, onde afirma que o comportamento do sujeito é estimulado por meio das repetições mecânicas.

Dessa maneira, os alunos memorizam e conseguem assim melhores respostas.

Uma forma de utilizar a teoria de aprendizagem Behaviorista em seus cursos livres online é apresentando uma teoria em seus vídeos e solicitando que o aluno leia ou coloque em prática o que acabou de aprender.

Portanto, o aluno é ensinado de forma passiva, ou seja, realizando tudo da forma que o professor da educação deseja.

Sendo assim, esse modelo de aprendizagem acaba sendo o mais utilizado para os cursos a distância.

Teoria de aprendizagem Piaget

Nessa teoria da aprendizagem, o psicólogo e biólogo Jean Piaget diz que é necessário estimular os alunos de forma desafiadora, assim eles poderão compreender e modificar melhor o pensamento.

Afinal de contas, por meio da compreensão é possível modificar a mente, assim o indivíduo passa a assimilar melhor as informações.

Por conta disso, a teoria de Piaget, também chamada de construtivismo, acaba sendo uma boa escolha para professores EAD, já que os alunos são incentivados a pensar de maneira própria.

Uma maneira de utilizar a teoria de aprendizagem de Piaget nos cursos online é você durante o seu curso colocar o seu aluno em um desafio.

Você pode fazer isso gravando um vídeo aula por dia nos próximos 7 dias, logo em seguida poste em seu canal do Youtube e depois compartilhe em suas redes sociais.

Teoria de aprendizagem Vygotsky

Vygotsky elaborou a teoria do interacionismo, onde o conhecimento é potencializado através da interação social, ou seja, o aluno ele precisa se relacionar com você e com os outros que participam da turma.

Além disso, sua teoria também leva em consideração o meio em que o indivíduo está inserido como um fator importante na aprendizagem.

Logo, acaba se tornando m bom método para EAD porque estimula o conhecimento e independência do aluno através da orientação.

A melhor forma para você utilizar esta teoria em seus cursos online é desenvolver um grupo fechado no Facebook onde os seus alunos poderão interagir e compartilhar o seu conhecimento.

Uma outra forma para que o seu aluno não se sinta “sozinho” na plataforma é você disponibilizar um canal para que este envie suas dúvidas e entre em contato com você.

Teoria de aprendizagem Robert Gagné

Para Gagné a educação EAD precisa apresentar estímulos, além de respostas e um ambiente propício.

Isso porque, é preciso que existam condições necessárias para que o aluno seja capaz de aprender.

Desse modo, quando se fala em cursos a distância é importante ter um planejamento bem estruturado e de forma intuitiva.

Uma forma de aplicar esta teoria de aprendizagem em seus cursos é o planejamento das aulas e das atividades que seu aluno irá ter que fazer durante o curso, criando assim um ambiente de aprendizagem propício.

Teoria de aprendizagem Skinner

A teoria de aprendizagem de Skinner é bem parecido com a do behaviorismo, já que nela há também a afirmação de que o estudante é estimulado por meio de repetições.

Assim sendo, eles acabam memorizando e obtendo respostas positivas no ensino.

Logo, o aluno aprende de forma passiva, por isso esse modelo de ensino acaba sendo muito praticado nos cursos a distância.

Como gosto de sempre trazer exemplos uma das minhas sugestões para a repetição são as atividades prévias.

Uma coisa que me lembro quando estava fazendo minha pós-graduação na FDC – Fundação Dom Cabral em Gestão de Negócios era que, antes de ter a aula com o professor, nós alunos deveríamos fazer sempre uma atividade prévia, o que ajudava na repetição e alinhamento do conhecimento de todos alunos antes da aula.

Conclusão

Como visto, o papel do professor online é planejar um curso de qualidade e em suas aulas utilizar o máximo de cada teoria no desenvolvimento do seu curso online.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.