Concepção pedagógica de um curso a distância

Quadro 19 – Concepção Pedagógica

Concepção pedagógica Atividade no Curso Ferramentas
Teórica Prática
Sociointeracionismo 5,12,17,22 Fórum
19 Tarefa (em grupo)
Construtivismo 1,4,8,14, URL (texto hiperlink, vídeos)
3,6,9,10,11,15,16,20,23 Lição
2,13,25 Questionário
7 Glossário
21,24 Tarefa (individual)
18 Palavras cruzadas

Fonte: João Ernani

 

A concepção pedagógica desenvolvida foi baseada na teoria de Vygotsky que entende o homem e seu desenvolvimento numa perspectiva sociocultural, ou seja, percebe que o homem se constitui na interação com o meio em que está inserido (RESENDE, 2009). Por isso, sua teoria ganhou o nome de socioconstrutivismo, sendo também denominada sociointeracionismo[1].

Utilizando-se de diversas ferramentas disponibilizadas pelo AVA como o fórum e as tarefas em grupo, possibilita-se a interação entre os alunos nas quais estes podem trocar experiências, participar, interagir e compartilhar seus conhecimentos e trocarem informações de conhecimento e culturais.

 

Segundo Piaget, o crescimento cognitivo da criança se dá através de assimilação e acomodação. O indivíduo constrói esquemas de assimilação mentais para abordar a realidade. Piaget considera as ações humanas e não as sensações como a base do comportamento humano. O pensamento é, para ele simplesmente a interiorização da ação. Só há aprendizagem quando o esquema de assimilação sofre acomodação.

 

Para um aprendizado mais eficiente e a assimilação do conteúdo, utiliza-se diversos recursos visuais como texto e audiovisual em atividades teóricas. Utiliza-se, também, de outras ferramentas práticas como questionários, glossários, palavras–cruzadas e atividades individuais para que o aluno seja capaz de acomodar todo o conhecimento adquirido, como nos indica a citação abaixo:

(…) o aprendizado adequadamente organizado resulta em desenvolvimento mental e põe em movimento vários processos que, de outra forma, seriam impossíveis de acontecer. Assim, o aprendizado é um aspecto necessário e universal do processo de desenvolvimento das funções psicológicas culturalmente organizadas e especificamente humanas (VYGOTSKI, 2003, p. 118).

No Quadro 20, demonstra-se a Diversidade das Atividades

Quadro 20 – Diversidade das Atividades

Aula Atividades Teóricas Atividades Práticas
1 1,3,4,6 2,5,7
2 8,9,10,11 12,13
3 14,15,16 17,18,19
4 20 21,22
5 23 24,25
Total 13 12
% 52% 48%

Fonte: João Ernani

O curso foi dividido de uma forma balanceada entre as atividades práticas e teóricas, enfatizando a importância da teoria caminhar junto com a prática para facilitar o desenvolvimento do aprendizado do aluno.

Conforme demonstrado no quadro, a diversidade de conteúdo é de extrema importância e foi distribuída de forma com que o aluno aprendesse de fato com a teoria e que coloque em prática tudo que aprendeu.

No quadro 21, demonstra-se a Cronologia da Carga Horária:

Quadro 21– Cronologia da Carga Horária

Aula Dias Carga Horária por Aula
1 7 6
2 7 6
3 7 6
4 7 6
5 7 6
Total 35 30
Semanas 5
Carga horária média por aula 6
Carga horária média diária 0,857142857
Carga horária média semanal 6

Fonte: João Ernani

O Designer Instrucional deve equilibrar a carga horária com a complexidade de cada atividade e também deve ficar atento com o tempo estimado para a dedicação de cada aluno. Neste curso, estimamos uma carga horária de 6 horas por semana, fornecendo ao aluno uma carga horária média diária de 51 minutos. No entanto, esse cálculo dependerá da gestão de tempo por parte do aluno, pois este poderá tanto concluir o curso em 7 dias quanto desenvolver todas as atividades em um dia somente. Essa liberdade só não é aplicada às só atividades em grupo nas quais o aluno deve dedicar o tempo em sincronia com os outros alunos.

O curso teve toda sua carga horária dividida em 5 aulas, com carga horária de  6 horas por semana, conforme demonstrado no Quadro 21.

No Quadro 22, demonstra-se a diversidade de mídias utilizadas e como estas podem atingir diferentes estilos de aprendizagem.

Quadro 22– Divisão das Atividades Percentual

ATIVIDADES RELACIONADAS AOS DIFERENTES ESTILOS DE APRENDIZAGEM
DIMENSÕES ESTILOS DE APRENDIZAGEM AULA ATIVIDADES RECURSOS
 

 

 

 

 

 

RECEPÇÃO

 

 

 

  Aula 1 3,6 Vídeo
  Aula 1 1,4 pdf
  Aula 2 9,10,11 Vídeo
VISUAL Aula 3 15,16 Vídeo
Aula 4 20 Vídeo
Aula 5 23 Vídeo
  Aula 1 3,6 Vídeo
  Aula 2 9,10,11 Vídeo
VERBAL Aula 3 15,16 Vídeo
Aula 4 20 Vídeo
Aula 5 23 Arquivo PDF
PERCEPÇÃO INTUITIVO Aula 1 2 Chat, Fórum
Aula 1 7 Glossário
Aula 2 8 pdf
 

 

 

 

 

 

PROCESSAMENTO

 

 

  Aula 1 5 Fórum
  Aula 2 12 Fórum
ATIVO Aula 3 19 Youtube
Aula 4 21 Fórum coletivo
Aula 5 24 Pesquisa
 REFLEXIVO Aula 3 17 Fórum
  Aula 4 22 Livro digital
COMPREENSÃO  

 

GLOBAL

Aula 2 13 Questionário
Aula 3 14 Fórum
Aula 5 25 Hipertexto
 

ORGANIZAÇÃO

INDUTIVO Aula 3 18 Hot potatoes

Fonte: João Ernani

Como demonstrado no Quadro 22, pode-se observar a grande diversidade mídias utilizadas de atividades. Esta diversidade busca atender os estilos de aprendizagem de cada aluno. Pode-se notar que se utiliza em grande parte do curso o audiovisual e este estimula vários tipos de aprendizagem pela capacidade de mesclar áudio vídeo e textos. Também é utilizada a percepção intuitiva e sensorial. São disponibilizados trabalhos práticos em grupos ou individuais para estimular o ensino e aprendizagem destes alunos.

Utiliza-se também a metodologia de organização dedutiva em que o aluno aprende os princípios gerais e aplica na prática todo o seu conhecimento.

Utiliza-se a atividade Fórum para estimular os alunos a debater o assunto e trocarem experiências sobre o assunto. As atividades de tarefa no final do curso propõem um momento de prática na qual o aluno pode demonstrar que todo o conhecimento foi assimilado durante o curso.

 

No Quadro 23 é demonstrado como foi aplicado a taxonomia de Bloom

Quadro 23– Objetivos e Taxonomia de Bloom

OBJETIVOS SEGUNDO A TAXONOMIA DE BLOOM
AULA NÍVEIS COGNITIVOS DAS OPERAÇÕES MENTAIS VERBOS/PROCESSOS ATIVIDADES RELACIONADAS AOS OBJETIVOS
Aula 1 conhecimento Compreender 2
compreensão Reconhecer 5
conhecimento Identificar 7
Aula 2 compreensão Reconhecer 8,,9,10,13
aplicação Sintetizar 12
Aula 3 aplicação Identificar 14,15
aplicação Conceber 19
Aula 4 conhecimento Identificar 20,21
análise Experimentar 21
Aula 5 conhecimento reconhecer 23
aplicação aplicar 24
avaliação Avaliar 25

Fonte: João Ernani

Ao analisar o Quadro 23, é possível analisar a importância desta ferramenta para o desenvolvimento do curso. Os verbos que foram utilizados devem orientar os professores no desenvolvimento de seus cursos.

A utilização dos verbos, em cruzamento com os níveis cognitivos mentais do aluno, ajuda o professor a focar no aluno e determinar qual o objetivo que deve ser atingido com as atividades propostas no mapa. Esta ferramenta possibilita que o professor analise se os objetivos propostos serão atingidos.

 

No Quadro 24 é demonstrado como foi distribuída as mídias utilizadas

Quadro 24– Distribuição das ferramentas e mídias conforme interação

DISTRIBUIÇÃO DAS FERRAMENTAS E MÍDIAS CONFORME A INTERAÇÃO
AULA ATIVIDADES Ferramentas Ativ. Teóricas Ferramentas Ativ. Práticas MÍDIAS
1 1 Arquivo texto em pdf
2 Questionário
3 Lição Vídeo Vimeo
4 Arquivo texto em pdf
5 Fórum
6 Lição Vídeo Vimeo
7 Glossário
2 8 Arquivo texto em pdf
9 Lição Vídeo Vimeo
10 Lição Vídeo Vimeo
11 Lição Vídeo Vimeo
12 Fórum
13 Questionário
3 14 Arquivo texto em pdf
15 Lição Vídeo Vimeo
16 Lição Vídeo Vimeo
17 Fórum
18 Hot potetoes
19 Dinâmica (matriz)
4 20 Lição Vídeo Vimeo
21 Tarefa
22 Fórum
6 23 Lição Vídeo Vimeo
24 Tarefa
25 Questionário

Fonte: João Ernani

O curso utiliza a ferramenta “lição” como base para a formatação do curso e facilitar a navegação entre atividades. A ferramenta “lição” serve como uma página com painel de navegação onde é possível criar botões de “Avançar” e “Voltar” para quem está visualizando os vídeos. Também pode ser utilizada com a ferramenta “questionário” para verificar o aprendizado do aluno. Os textos serão disponibilizados na ferramenta “arquivo”. E os fóruns ficarão disponíveis sempre no início de cada aula.  A ferramenta Hot Potatoes e as tarefas são utilizadas para criar um dinamismo no curso e diversificação de ferramentas.

No Quadro 25 é feita as Avaliações Previstas nas Aulas e Suas Dimensões

Quadro 25– Avaliações Previstas nas Aulas e Suas Dimensões

AVALIAÇÕES PREVISTAS NAS AULAS E SUAS DIMENSÕES
AULA ATIVIDADES DIAGNÓSTICA FORMATIVA SOMATIVA
5,2 X
1
Semana 1 7 X
12 X
2
Semana 2 13 X
17,18 X
3
Semana 3 19 X
4 21 X
Semana 4 22 X
24 X
5
Semana 5 25 X

Fonte: João Ernani

Neste quadro, como pode-se conferir, a distribuição dos tipos de avaliações está por igual, sendo:

– 4 Avaliações diagnósticas, na qual o professor consegue determinar o grau de conhecimento do seu aluno.

– 4 Avaliações formativas, na qual o professor consegue analisar se os alunos estão aprendendo o conteúdo ministrado.

– 4 Avaliações somativas, na qual o professor analisa e propõe atividades para novos conhecimentos adquiridos.

[1] Ver mais em Priscila Romero <http://goo.gl/YmLDjA>

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.